Mercado vê represamento de repasses desde 2019

13/01/2021
Fonte: Valor Econômico
André Ramalho e Gabriela Ruddy — Do Rio
Forma como Petrobras divulga os reajustes levanta também debate sobre transparência
As suspeitas do mercado de que a Petrobras segura altas nos preços dos combustíveis quando há maior volatilidade se tornaram mais frequentes desde que a estatal acabou com a periodicidade nos ajustes, em junho de 2019. A forma como a petroleira divulga os reajustes levanta também um debate sobre transparência.
A estatal comunica os reajustes às distribuidoras de véspera. Em meio à maior pressão da sociedade e dos órgãos reguladores por transparência, sobretudo após a greve dos caminhoneiros de 2018, a companhia mantém em seu site os preços para os 36 pontos de entrega dos produtos, mas não informa a investidores e jornalistas quando faz reajustes - no caso da imprensa, a estatal apenas confirma ao ser questionada.
É comum que os anúncios de reajustes vazem no mercado. Há, assim, uma assimetria no acesso à informação que envolve empresa listada em bolsa. A Petrobras entende que reajustes não são fatos relevantes, mesmo sendo um agente dominante no mercado.
“Divulgamos [o reajuste] para os clientes. Interessa a eles, que vão comprar nossos produtos. Interessa à sociedade o preço no posto de gasolina, e não na refinaria. Nós somos fornecedores de um insumo, e não do produto final”, disse ontem o presidente da empresa, Roberto Castello Branco.
Desde a greve dos caminhoneiros, a Petrobras mudou a prática de reajustes quatro vezes. A paralisação pôs fim às alterações quase diárias da gestão Pedro Parente. Aos poucos a estatal começou a distanciar mais os reajustes - desde 2019, passou a mexer nos preços a qualquer momento.

Compartilhe esta notícia

Sincopetro Vídeos


GOVERNO SP MUDA REGRAS PARA LCs

Já sou cadastrado no site


esqueci minha senha

ou

Não tenho cadastro no site


Se você já é sócio do Sincopetro e não tem acesso a área restrita deste site, cadastre sua senha.





Newsletter


cadastre-se para receber nossa newsletter