Produção de etanol está a um passo de bater novo recorde

27/11/2019
Fonte: Valor Econômico
Camila Souza Ramos - De São Paulo
Volume produzido já está muito próximo ao de todo o ciclo 2018/19
As usinas do Centro-Sul privilegiaram a produção de etanol na primeira quinzena de novembro da safra atual (2019/20), o que resultou em crescimento de 19% no volume fabricado em relação ao mesmo período da temporada passada, apesar da menor moagem de cana.
De acordo com dados da União das Indústrias de Cana-de-Açúcar (Unica), foram produzidos 1,3 bilhão de litros de etanol na metade deste mês, dos quais 873 milhões de litros foram de hidratado e 427 milhões de litros de anidro - crescimento de 18,9% e 19,2%, respectivamente.
No acumulado da safra, a produção de etanol hidratado totalizou 21,5 bilhões de litros, 9% a mais que no mesmo período da temporada passada, enquanto a de anidro somou 9,4 bilhões de litros 7,1% de aumento. O recorde de 2018/19 foi de 31 bilhões de litros.
“Mantido o comportamento observado até o momento, vamos registrar safra com produção recorde de etanol. Até agora observamos um incremento de 2,39 bilhões de litros na produção, que já permitiu uma ampliação de 2,29 bilhões de litros nas vendas do biocombustível pelas unidades do Centro-Sul”, disse Antonio de Padua Rodrigues, diretor técnico da Unica, em nota.
A forte produção de etanol na quinzena foi resultado de um mix alcooleiro de mais de 70%. No intervalo, 71,73% do caldo da cana processada foi direcionada ao biocombustível, ante 65,92% no mesmo período da safra passada.
Para Padua, o mix de produção mais alcooleiro observado na primeira metade de novembro foi “surpreendente” se considerado que nas últimas quinzenas houve uma maior demanda por açúcar, “tanto no mercado interno quanto em relação às saídas para exportação”.
A aposta alcooleira garantiu o aumento da produção mesmo com a queda de 7,6% na moagem de cana no período, para 19,8 milhões de toneladas. O menor volume está relacionado ao encerramento da moagem por mais usinas nesta época do ano. Até o dia 16, 120 usinas já haviam terminado a safra, em comparação a 86 um ano antes.
A moagem de cana do acumulado da safra já chegou a 562,7 milhões de toneladas, alta de 5,7% enquanto a produção de açúcar está 2,8% maior, somando 26 milhões de toneladas.

Compartilhe esta notícia

Já sou cadastrado no site


esqueci minha senha

ou

Não tenho cadastro no site


Se você já é sócio do Sincopetro e não tem acesso a área restrita deste site, cadastre sua senha.





Newsletter


cadastre-se para receber nossa newsletter





Sincopetro Vídeos


Aumento Etanol - Band Entrevista Sincopetro 09/12/19